CÂMARA MUNICIPAL DE TORRES VEDRAS DINAMIZA NOVA QUINZENA DO AMBIENTE

4 de junho de 2019

Para comemorar o Dia Mundial do Ambiente, a Câmara Municipal de Torres Vedras está a dinamizar até 15 de junho, mais uma vez, a Quinzena do Ambiente.

Do programa de atividades desta iniciativa, refira-se algumas que são dirigidas ao público em geral.

Uma delas é a exposição Há mar e mar, há lixo a voltar!, a qual está patente no Centro de Educação Ambiental de Torres Vedras até 15 de setembro.

Esta mostra junta trabalhos elaborados por alunos no âmbito de um projeto que se dividiu em três momentos: numa primeira fase foi realizada uma ação de sensibilização em sala de aula sobre a problemática do lixo marinho; num segundo momento foi efetuada uma saída até à praia para monitorizar os resíduos encontrados no areal; e numa última fase foi concebida uma peça por meio da reutilização dos materiais recolhidos.

Participaram nesta atividade: a turma 1.º A da Escola Básica Integrada Padre Francisco Soares; os 1.º e 2.º anos de escolaridade da Escola Básica da Serra da Vila; os alunos do 1.º ciclo do ensino básico da Escola Básica da Fonte Grada; os alunos do 2.º ano de escolaridade da Escola Básica da Silveira; os alunos do 1.º ano de escolaridade da Escola Básica Integrada Padre Vítor Melícias; e os alunos dos 1.º e 2.º anos de escolaridade da Escola Básica da Freiria.

Recorde-se, a propósito da temática desta exposição, que todos os anos milhões de toneladas de resíduos vão parar aos Oceanos. Na sua grande maioria as fontes do lixo marinho têm origem em terra (cheias, descargas dos rios, águas residuais, abandono de lixo, etc.), indicando que alguns comportamentos humanos podem colocar em causa a biodiversidade e um ecossistema único.

Também no âmbito da Quinzena do Ambiente, o Centro de Educação Ambiental de Torres Vedras acolherá no dia 7 de junho, pelas 10h, uma conferência intitulada “Do Rio ao Mar sem Lixo”.

Integrada nas comemorações do Dia Mundial dos Oceanos, esta atividade pretende chamar a atenção da comunidade em geral para o facto do lixo marinho ter origem em atividades terrestres, para as consequências dos comportamentos humanos relacionados com esse problema e para o papel dos rios enquanto elo de ligação entre terra e mar. Desta forma, procurar-se-á despertar consciências para a influência que os comportamentos da comunidade civil exercem nos rios e nos oceanos.

O programa desta conferência é o seguinte:

10h00 | Receção dos participantes

10h15 | Abertura da sessão

10h25 | O que pensas tu sobre o lixo marinho? – Questionário ao vivo

10h45 | O papel das Fábricas de Água na preservação e conservação dos recursos hídricos | Sara Duarte, Águas do Tejo e Atlântico

11h15 | Entre a terra e o mar – Como tudo está ligado pelos rios | Paulo Branco, Instituto Superior de Agronomia

11h45 | Associação Oceano Sem Plásticos – um exemplo local | Tiago Duarte, Associação Oceano Sem Plásticos

Informações e inscrições para esta atividade devem ser obtidas pelos n.ºs de telefone: 261 314 163 / 918 773 342; ou pelo e-mail: cea@cm-tvedras.pt.

Ainda integrado na Quinzena do Ambiente, realiza-se no próximo dia 14 de junho, pelas 14h30, no Hotel Dolce CampoReal, a Conferência Anual da Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira, que terá como tema “Paisagem de Memórias: Potencial Turístico do Património Militar Nacional”.

Esta conferência terá como principal objetivo promover o diálogo e a reflexão acerca da importância do património militar nacional, das paisagens culturais e das experiências e atividades turísticas associadas ao conceito de turismo militar.

Mais informações sobre esta atividade podem ser obtidas pelo n.º de telefone: 261 310 436; ou pelo e-mail: areaprotegida@cm-tvedras.pt. As inscrições na mesma devem ser efetuadas até ao dia 13 de junho também por meio destes contactos.

 

CMTV - Comunicar