CONCELHO DE TORRES VEDRAS TEM CINCO EMPRESAS GAZELA

3 de maio de 2019

Torres Vedras mantém um lugar de destaque no ranking das Empresas Gazela 2018, um estudo elaborado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro – CCDRC. O anúncio foi feito durante a 5.ª Gala das Empresas Gazela, que se realizou no passado dia 30 de abril, no Mercado de Sant’Ana, em Leiria.

Neste evento, que contou com a presença da presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, e do ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, foram homenageadas 95 empresas responsáveis por estimular a economia e contribuir para a coesão e a competitividade da Região Centro.

O estudo identificou no concelho de Torres Vedras cinco empresas gazela, sendo que apenas quatro autorizaram a divulgação: Binary Subject, S.A; CNS Saúde, Lda; Fluxológico - Sistemas Elétricos E Telecomunicações, Unip., Lda; e PD - Combustíveis, Unipessoal, Lda. Entende-se por empresas gazela empresas “jovens e com elevados ritmos de crescimento”, que se traduziram, por exemplo, na criação de postos de trabalho.

Segundo o estudo, as empresas gazela estão bastante disseminadas pelo território, repartindo-se por 41 municípios da Região Centro. Os concelhos de Coimbra e Leiria são os que têm um maior número, com oito empresas gazela cada, seguidos pelo município de Aveiro que conta com sete e por Torres Vedras e Viseu com cinco empresas cada. Os municípios de Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Caldas da Rainha, Estarreja, Ílhavo e Mangualde têm, cada um, três empresas gazela.

Para identificar as Empresas Gazela de 2018 foram tidos em conta os seguintes critérios: apresentarem crescimentos do volume de negócios superiores a 20% ao ano em 2015, 2016 e 2017; terem sido constituídas a partir de 2009 e possuírem a sede na Região Centro; empregarem pelo menos dez trabalhadores em 2017; e possuírem faturação igual ou superior a 500 mil euros em 2017.

 

CMTV - Comunicar